o papel social

DE UMA AGÊNCIA DE PUBLICIDADE

Muitas vezes, quando falamos estamos  conversando com alguém fora da área da comunicação e mencionamos que temos um papel social grande, muitas pessoas param para pensar “mas o que tudo isso tem a ver com a comunicação, ou mais especificamente ainda, com a publicidade?”

 

Tem tudo a ver, na verdade.

 

Alguns dos objetivos de uma agência de publicidade são tornar a marca do cliente mais conhecida e lembrada, aumentar suas vendas e criar vínculos com seus públicos. Esses são itens que são essenciais para que uma agência entregue resultados com efetividade, mas ela não deve limitar seus objetivos de mercado apenas aí. Quando alguém estuda e/ou trabalha com publicidade, é importante ter noção do compromisso que implicitamente se assina com a sociedade. Os profissionais da publicidade são influenciadores, por isso o trabalho de uma agência tem um papel fundamental na construção de uma sociedade melhor.

Além de dar visibilidade e vendas para as empresas, a missão precisa englobar ações para influenciar marcas a fazerem o mundo crescer e se tornar um lugar melhor para todos, pois a publicidade exerce um grande papel na vida de todas as pessoas, criando ideias, causas e conceitos. Se essas construções forem pensadas levando em conta todos os objetivos do cliente alinhados com uma contribuição com a sociedade, o trabalho se engrandece e o resultado final vai contemplar o lucro do cliente, uma visibilidade e identificação muito maior para a empresa dele e alguns tijolinhos colocados na construção de um mundo melhor. Isso é ótimo, concorda?

Se a publicidade for alinhada com as questões sociais, podemos construir um mundo em que se tenha mais aceitação das opiniões alheias e do jeito de cada um, com menos julgamento ou preconceito. E as empresas? As empresas serão as protagonistas da grande mudança, da virada no jogo, do grande final e do grande começo.

 

Sendo assim, o que aprendemos com tudo isso?

Aprendemos que a publicidade pode (e deve) gerar vendas e visibilidade para as empresas, mas que ela também pode (e deve) ser extremamente social, sempre com um pensamento sobre o impacto que uma propaganda, por exemplo, vai gerar, ou se alguém pode se sentir ofendido com a mensagem, ou até mesmo se indiretamente a propaganda está ferindo alguma raça, religião, classe social, orientação sexual ou identidade de gênero.

Como falamos na Champs, sua marca pode ser muito mais. E fato é isso! As marcas podem ser uma grande ponte para que todo mundo viva melhor.

 

Sobre os autores:

Esse post é uma adaptação do discurso de formatura do Douglas Fermino e do Christian Gonzatti.

Queremos te conhecer!

Então se você quiser conversar com a gente ou apenas tirar alguma dúvida sobre nossos serviços, insights ou equipe, é só deixar uma mensagem ou ligar.

CHAMPS RS

51 99206.3876

CHAMPS SC

48 98849.0294

CHAMPS SP